terça-feira, 22 de junho de 2010

Caixinhas de surpresas

Gosto da chuva, mas nunca olho pra ela guardo essa sensação, quero usa-la em uma manhã de domingo aonde nenhum passaro irá cantar, o som que vou ouvir é só a agua caindo no chão e quando eu olhar para a o céu que se põe a chorar, eu sentirei e verei a tristeza que é uma manhã de domingo chuvosa, mas eu não estarei triste, ao contrario estarei feliz, pois estarei surpresa com tamanha beleza.


Sou fã e não ouço as musicas dos meus idolos... Aos olhos de quem observa parece ser estranho, mas ninguem entende a sensação de sentir o abandono das coisas que eu gosto.
não ouço, não vejo, não tenho coisas interessantes pra falar sobre eles, nem sei cantar as letras... mas deixo guardado la naquele cantinho que eu não me lembro aonde é mas sei que existe... é como guardar um vinho e esperar que ele envelheça para saborear no futuro a perfeição de seu sabor...

Se eu gosto de algo, quanto menos eu souber sobre ele melhor, pois o misterio me encanta, o desconhecido me atrai...

Gosto de guardar coisas na minha caixinha de surpresas, pois um dia vou tirar de la uma musica que realmente é bonita, uma sensação que realmente é emocionante, ou uma simples e chuvosa manhã de domingo...

o interessante da vida é se surpreender a todo momento com coisas novas, ou fazer das coisas atuais sempre novas e nunca deixar a magia da primeira vez se acabar...

domingo, 20 de junho de 2010

Fatos reais...

Uma professora me perguntou;
“Cindy o que seria um bom escritor pra você?”
Eu olhei no fundo dos olhos dela e disse, seria aquele que fosse objetivo o bastante e me contasse o mundo em uma única palavra, pois tenho preguiça de ler e escrever textos logos, e eu acho que tem que ser objetivo e resumir tudo o máximo possível...
As pessoas têm a mania de querer dizer coisas bonitas, usar palavras difíceis, acho que eles tem que tomar um remédio chamado objetividade, pois só assim me terão como leitora.
Hehe, foi engraçado, ela se assustou comigo e saiu, mas antes me disse;
“objetiva você heim”
video

Noite

Escura e sombria...

Sentimentos humanos, sentimentos "tolos"... Noite você me faz senti-los, você me prova que sou uma simples mortal...
Sou capaz de sentir dor...
Sentir saudades...
E ate mesmo alegria...
Sou capaz de sentir o conforto dolorido do amor...
Noite o que você reserva pra mim hoje? Você brinca comigo, joga um jogo que eu ainda não sei as regras... os meus olhos ficam perdidos no seu vazio e maravilhados com sua grandeza.
Por que noite o vento arrepiador que vem do desconhecido traz pra mim o perfume da mulher que amo?
Por que minha imaginação se sente livre pra voar, mesmo que seja no escuro?
Na escuridão da sua essência vejo com claridade meus sentimentos, meus medos...
Tu parece ser sozinha e por isso tem uma singular aparência sombria, mas é você que me faz ter o desejo de ser melhor...

É inexplicável, essa sensação, noite que aflora meus sentimentos, que faz tudo parecer tão simples e valioso.
Algo enigmático... Você noite é a liberdade que eu preciso, a liberdade de AMAR, de sonhar, liberdade em ser humana e errar... pois no escuro ninguém irá apontar meus erros... É a noite que eu uso minha meias que estão velhas e furadas, eu sei que ninguém dirá que sou louca ou estranha só pelo fato de usar minhas meias mágicas.

Estou confusa... ouço ao longe

"I'm so tired of being here
Suppressed by all of my childish fears
And if you have to leave
I wish that you would just leave
Your presence still lingers here
And it won't leave me alone"

Me sinto sendo atraída, pelo desconhecido, mas tenho a sensação que já o conheço... Como posso conhecer o desconhecido, isso eu ainda não sei... Mas você noite me faz sentir como se ele já estivesse a muito tempo aqui do meu lado...

É em você que encontro a paz que preciso, pra ter certeza... que o que eu vivo é parte do mundo real, e que existem pessoas que compartilham comigo esta realidade, so que elas não conhece você noite que hoje foi minha poesia

quarta-feira, 2 de junho de 2010

Droga...

Hoje queria escrever algo lindo e revolucionário, mas ai vem você na minha cabeça e estraga todos os meus planos...
Queria falar de politica, de musica talvez do universo, só que você surge do nada, é como um pesadelo que eu sempre quero esquecer mas gosto de sonhar.
As vezes me pergunto se eu me apaixonei por você, mas como? foi so sexo... isso é o que eu tento acreditar.

Aonde vou parar assim?
Você destroi minhas esperanças, mas sempre faz o meu sentimento brotar.

Hoje em meio aos meus devaneios, pedi um tempo pra você, olhei no fundo dos teus olhos e disse " O poeta que existe em mim precisa de um tempo pra pensar poesias"

Se é Amor eu não sei, sinto raiva do seu sorriso , sinto raiva das minhas palavras, pois as coisas mais lindas que já escrevi foi pensando em você, e isso me da raiva porque até a vida secreta que levo gira em torno de você.

Você é a anti-materia da minha vida, depois que conheci os seus olhos, seu jestos e seu cheiro, minha vida simplesmente deixou de existir, passei a viver você. e isso é triste, pois sinto saudades de mim.